quarta-feira, setembro 23, 2009

Dentistas: Homicidas Dentários.

         Começo com uma pergunta: O que leva alguém a querer ser dentista? Nunca entendi isso. Imagina a cena:

         - Juquinha, o que você quer ser quando crescer?
         - Ah tia Maricotinha, quero ser dentista. Meu sonho é cuidar de bocas podres...

       Não dá. É inimaginável. Todo dentista é um homicida em potencial. Ninguém me tira da cabeça que eles sentem prazer ao lembrar de uma extração.
       
        O pior é que, de vez em quando, algum odontólogo resolve incrementar o sofrimento. Cito o meu caso:

        Terça, 22 de setembro de 2009, 15:50. Sala de espera do consultório dentário (na verdade dos consultórios, são uns três, o que - decididamente - piora a situação, já que o som das brocas faz as vezes de música ambiente). Ao meu lado uma menininha de uns 5 anos com o pai.

       Secretária: 
       - Senhor Eduardo? Pode entrar.
       Viro-me em direção à menininha.
       - Não quer ir na frente? Não estou com pressa. (risada amarela)
      Menininha:
       - Deixa de ser frouxo e vai logo! (nunca pensei que odiaria uma criança, mas essa era uma mistura de Maísa com Chuck).

Vesti minha roupa de homem e entrei. Anestesia local e os trabalhos começam. Até que estava indo tudo bem, nada de muita dor. Até que o desgraçado dentista fala pra secretária:

- Coloca um DVD bom aí para relaxar nosso amigo.
- Qual doutor?
- Escolhe aí.
- .... 
Palmas, gritos... alguns acordes e de repente: "Linda, só você me fascina, te desejo muito além do prazer..."

AHHHHHHHHH!!!! Canal ao som de Roupa Nova!! 

Depois disso, minha concepção de inferno mudou drasticamente...

Ao navegar pelo You Tube, achei um vídeo que, finalmente, explica o que leva um indivíduo a enveredar por tão escrota nobre profissão.


4 comentários:

Camila disse...

Concordo. Sempre achei que aptidão pra odontologia é coisa pra gente doida e/ou sádica e/ou masoquista. Estudar estrutura de dente deve ser escroto, mas ainda não é pior do que meter a mão em boca podre e conviver com aquele "ziiiiiim" nos ouvidos o dia inteiro... A motivação só pode mesmo ser um desejo de ver as pessoas apavoradas e sofrendo de dor! Me acabei de rir aqui! Esse vídeo é o máximo!

Ronaldo disse...

Ptz ser dentistista já é meio loucura do homem, agora ser dentista e ser brega é demais!!!!
"Linda, só você me fascina...."

Waléria disse...

cara, só pra constar, foi esse dentista que colocou o curativo na tua boca(o que podia ser cuspido a qualquer hora)?
PS: ROUPA NOVA É LEGAL

Eduardo Martins disse...

Como diria meu avô: gosto é que nem nariz, cada um tem o seu :) talvez o fato de padecer de dor fez com que eu não aproveitasse o som do roupa nova, prometo que ouvirei "Linda" com mais calma :)